Escritório-Escola do CEST completa 15 anos

O Escritório-Escola Prof. Expedito Alves de Melo completa, neste mês de março, 15 (quinze) anos de sua implantação e de prestação de serviços de qualidade à comunidade, com ênfase nas ações voltadas à promoção do acesso à justiça, como segmento de formação teórico-prática em Direito da Faculdade Santa Terezinha – CEST, instituição de educação superior mantida pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE de São Luís, que também comemorou, no dia 10 de março, 50 (cinquenta) anos de intenso trabalho e assistência à população maranhense.

Nesse processo, cabe destacar a execução de um projeto educacional que deve continuar como referência de qualidade e inclusão, cuja origem remonta aos propósitos de sua mantenedora, a APAE de São Luís, ao vislumbrar a importância de mostrar que também compete, à área jurídica, o papel de romper barreiras impeditivas de acesso à justiça em favor das pessoas com deficiência, principal motivo que justificou a criação do Curso de Direito da Faculdade Santa Terezinha – CEST.

Convém, portanto, comemorar esta presença institucional que comunga e dá voz a tantos assistidos, fruto de uma inspiração colaborativa e que se desenvolve em local aprazível com modernas instalações físicas e funcionais e um especializado corpo docente, discente e administrativo, que atende não só a comunidade do seu entorno, mas a todos que buscam por assistência jurídica competente e ética, posto que sua existência já se naturalizou como familiar no cotidiano da população ludovicense e maranhense como um todo.

Em sua atuação como Escritório-Escola, destaca-se de forma louvável a praticidade com que oferece os serviços jurídicos gratuitos, nas modalidades de assessorias e consultorias, com judicializações dos conflitos, apoio e orientações extrajudiciais, sobretudo respaldado pelo entendimento de que o acesso à Justiça não se perfaz com o simples agir judicial ou manejos dos processos, conceito de simples prestação jurisdicional, mais que isso, transcende tal concepção ao auxiliar de forma constante o cidadão a se envolver ativamente nos assuntos que lhe afetam, tornando as pessoas partícipes de suas decisões básicas, suas controvérsias, por meio de aconselhamentos e do diálogo com a comunidade, e não apenas das importantes representações perante os Tribunais.

Compondo o Projeto Pedagógico do Curso de Direito, o Escritório-Escola se apresenta por excelência como campo de prática, extensionista, que funciona como escritório real para alunos e estagiários que se destacam pela forma como adotam como bandeira comum a inclusão e como desempenham seu papel social na comunidade, seja a acadêmica ou a usuária de suas atividades práticas orientadas.

E não poderia ser diferente posto que sua matriz, a Faculdade Santa Terezinha – CEST, possui alma e bravura por meio das quais consegue transformar, nesta prática, seus objetivos altruístas e de amor, uma formidável combinação que ousa além do convencional e que fortalece laços, principalmente os inclusivos.

Assim, ao completar 15 anos, além deste setor dinâmico em produção e formação, também comemora a própria comunidade, beneficiária dessa extensa folha de serviços advinda de uma instituição que a tutela porque apreende sua história, com seus possíveis conflitos gerados em um contexto de carências de informações e direitos, e dos meios a serem utilizados para reestruturar laços afetados nas relações sociais que a permeiam.

Consolidando sua participação no âmbito comunitário, O Escritório-Escola procura realçar os princípios constitucionais, com foco prioritário na cidadania, pois compreende que esta só pode ser de fato vivenciada quando existem meios e ambientes que corroboram com a interação e a participação social da pessoa como protagonista de sua história, condição oferecida pelo cenário jurídico delineado nesta instituição.

Como instituição protetora dos direitos fundamentais, também serve para dirimir obstáculos históricos, sociais e financeiros, que colocam à margem da vida digna, aqueles que buscam respeito aos seus direitos; portanto, se constituindo um marco de uma experiência positiva e influenciadora de busca incessante de justiça, não só a forense, sobretudo, a justiça social.

Nesse contexto percebe-se, por meio do Escritório-Escola Prof. Expedito Alves de Melo, uma retribuição da Faculdade Santa Terezinha – CEST como parte integrante da comunidade do Anil, de São Luís, do Maranhão, vez que o conhecimento ultrapassa fronteiras geográficas, ao contribuir para formação acadêmica e pessoal de cada discente do Curso de Direito, orientando-o a nunca se distanciar da sua realidade social e profissional e incentivando-o a estreitar suas relações sociais e a atuar com ética e responsabilidade em seu papel de integrador e transformador social.

Pelos seus 15 anos de história, conquistas e excelentes resultados, parabéns ao Escritório-Escola Prof. Expedito Alves de Melo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.