Mensagem da Faculdade Santa Terezinha – CEST em comemoração aos 50 anos da APAE de São Luís

“Sonhar sozinho é penas um sonho, sonhar juntos é uma realidade.”                                                                                    Miguel de Cervantes

A Faculdade Santa Terezinha – CEST, solidária às comemorações dos 50 anos de implantação da sua Mantenedora, a Associação dos Pais e Amigos de Excepcionais de São Luís, com esta congrega pelo significado da data, provida de um sentimento maior de plena e incondicional alegria.

            Agrega a este sentimento o contentamento pela identidade que mantém com a aniversariante, célula mater, sustentáculo e pioneira de sua criação. São notórios seus efeitos de guardiã nas constantes caminhadas, marcadas pelos protagonismos interdependentes em suas relações e estratégias, conservando-se, ambas, imbuídas da causa da inclusão.

            A APAE de São Luís, como Mantenedora, outorga apoio, estrutura, companheirismo e grandeza ao segmento educacional CEST, uma Faculdade que se destaca como frondosa árvore durante os 22 (vinte e dois) anos de sua existência, oriunda da grandeza de seu grande mentor e da sua lúcida disposição para enfrentar os desafios, o saudoso Prof. Expedito Alves de Melo, Diretor Geral in memoriam, que foi capaz de edificar a ora congratulada APAE de São Luís, instituição filantrópica pioneira na construção deste segmento acadêmico.

            A hombridade sem medida do Prof. Expedito o fez buscar fortaleza e coragem para investir em mudanças sociais e educacionais inclusivas, com fulcro na tradicional confiabilidade institucional usufruída pela APAE de São Luís, partindo das necessidades básicas e prioritárias da população e da carência de profissionais da área de saúde, que, importados de outros Estados, em muito oneravam a instituição, circunstâncias que o fizeram optar pela implantação da Faculdade Santa Terezinha – CEST.

            Pioneiramente foram implantados os cursos de Terapia Ocupacional, Fisioterapia e Fonoaudiologia, o que chancelou a criação da Faculdade; posteriormente, a instituição incursionou em diversas outras áreas, com acréscimo de mais cursos da área da saúde, das ciências sociais e humanas, inclusive na área jurídica. Atualmente, conta com 10(dez) cursos em diversos segmentos profissionais, fator que eleva sua autonomia em relação à demanda de técnicos e professores, tornando-se, a Faculdade Santa Terezinha – CEST, colhedora de seus próprios resultados de qualidade, além de oferecer ao mercado, profissionais éticos e competentes, representativos do Maranhão.

            A liderança solidária exercida pelo saudoso Professor e Advogado, Dr. Expedito, fomentou e deixou seus liderados aptos a prosseguir com o seu trabalho nesta conceituada Faculdade, confirmando a máxima de que a verdadeira liderança se perfaz quando sua ausência se transforma num legado de multiplicação de líderes, o que faz lembrar o célebre Padre Antônio Vieira, ao dizer que: “Uma união de tábuas se faz navios, uma união de pedra se faz edifícios, assim também pessoas precisam ter união entre si.”, estabelecendo-se mútua cooperação para o bem comum.

            Importante conceber que a APAE outorgou ao CEST responsabilidades para atender aos seus anseios, e o CEST toma a APAE como lente, como foco, e como devolutiva e retribuição à sua fiel escudeira e mantenedora, destina sua atuação à produção de conhecimentos, saberes e fazeres que contribuam com qualidade à vida humana.

            Em ambas, expressa-se a disposição para o trabalho cooperativo, que, embora desafiante, sabe exercer com dinamismo e empenho constante, motivo que impõe à Faculdade o agradecimento pela colheita de frutos comuns construídos nas histórias paralelas que se cruzam e se imbricam, e que permanecem avançando fundadas em adequadas (e surpreendentes) políticas institucionais.

            Todos fazem parte de um só corpo institucional integrado pelas missões, visões, princípios e valores, e, nesse contexto, a Faculdade segue  imbuída de excelência em sua gestão, lealdade, respeito mútuo, profissionalismo, salutar consenso de independência e espírito de equipe, sendo o amor o maior e mais forte elo dessa comunhão.

            O CEST reconhece que os dirigentes fazem o melhor para a APAE de São Luís, só cabendo a esta instituição, zelando pelo seu próprio crescimento e da sua Mantenedora, buscar recompensá-la com seu compromisso e seus significativos resultados, se destacando como apanágio de filosofia educacional voltada ao bem servir, de maneira sadia e honrosa, à sociedade.

            Em retribuição, reafirma esta Faculdade a confiança que lhe fora depositada, com a prestação de bons serviços, resultantes de um processo de gestão eficiente, com ênfase no cumprimento das metas estabelecidas e computando expressiva inserção no mercado, de seus egressos, que detém alto grau de empregabilidade.

            Torna-se oportuno referenciar a grande procura, por parte da comunidade, dos cursos que são ofertados, muito em razão de possibilitarem um ensino de qualidade com sustentabilidade, além do desenvolvimento do protagonismo discente.

            Esse protagonismo discente se constrói, sobretudo, por meio do diálogo crítico da realidade social com o exercício pedagógico do “aprender a pensar”,da imperiosa necessidade atual não apenas do conteúdo, mas dos melhores caminhos, conexões, fundamentos teórico-metodológicos alinhados às exigências contemporâneas.

            Nessa conjuntura, o afago sempre presente da APAE ao CEST tem sido uma contribuição vital à ampliação dos seus cursos, sempre com foco na excelência acadêmica, razão suficiente para que se celebrem os frutos belos e representativos desta nobre e enriquecedora integração. 

            Nestas conquistas, regozija-se o CEST como parte integrante da APAE de São Luís, ao alinhar a educação ao pleno desenvolvimento institucional, apoiado nas diretrizes estabelecidas e no inestimável apoio de sua Mantenedora, o que fortalece a comunhão entre ambas, por isso, conforta-nos o que encontramos nas Sagradas Esculturas: “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam.” (Salmos127:1).

            Assim, não é menor o entusiasmo neste evento, pela vivência de décadas de labor em prol do alcance das expectativas e busca de novos patamares rumo à ampliação da excelência acadêmica. Agradecemos e louvamos a DEUS por esta honrosa parceria, agradecimento estendido ao Presidente da APAE de São Luís, Sebastião Vanderlaan de Almeida Rolim, aos Conselheiros, Pais e Amigos das Pessoas com Deficiência, assistidas pela Instituição, aos Colaboradores, Gestores, Assessores, Consultores, por tão relevante evento pelo Jubileu de Ouro da APAE de São Luís.

            Sente-se agraciado o CEST com tão forte integração, uma orquestra afinada para um cântico de amor e inclusão, regida pelo poder de Deus que, diuturnamente, trabalha a sabedoria da dupla, em misto de irmandade e amor filial entre a Mantenedora e a Mantida.

            A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís, em seus 50 anos, é uma construção permanente, impulsionada pela experiência e provocada pelas adversidades. Nesses novos tempos, em meio a tantos e complexos desafios, expressivos Parabéns à APAE de São Luís, e a todos nós. Fazer aniversario é ter chance de aprender e ensinar novas lições.

PARABÉNS À APAE DE SÃO LUIS!

Maria da Conceição L. Melo Rolim
Vice-Diretora Geral

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.